O Novo Autoritarismo Na America Latina (The New Authoritarianism in Latin America)

O Novo Autoritarismo Na America Latina, 1982

204 Pages Posted: 19 Mar 2017

See all articles by David Collier

David Collier

University of California, Berkeley - Department of Political Science

Date Written: 1982

Abstract

Portugese Abstract: Uma coletânea de textos organizada por David Collier é o resultado de um trabalho conjunto de cientistas políticos, sociólogos e economistas do Peru, Argentina, Brasil e Estados Unidos com o objetivo de amplia r o debate sobre a natureza e causas do autoritarismo burocrático na América Latina. Reunindo perspectivas muitas vezes contrastantes, esta importante tradução que a Paz e Terra traz ao leitor brasileiro, pretende contribui r de modo incisivo a esta busca mais ampla de compreensão dos problemas políticos, econômicos e sociais que possibilitaram a emergência deste modelo politico e buscar, assim soluções práticas que possam dar fim á era atual de autoritarismo rude em nosso continente.

A pesquisa sobre a América Latina trouxe importantes contribuições teóricas ao desenvolver novas hipóteses sobre a mudança política dentro do cenário de dependência econômicas e tecnológicas que caracteriza esta região. Estas hipóteses sugerem que as interações entre os padrões de mudança econômica, social e politica que ocorreram neste contexto de desenvolvimento capitalista tardio e dependente, não levaram de modo coerente á democratização mas parecem pelo contrario, ou pelo menos em alguns casos, estarem ligados á emergência do que se convencionou chamar autoritarismo ­ burocrático. O "modelo" autoritário ­ burocrático constitui, assim, o foco central de discussão deste livro. Esta tipologia que surge inicialmente para explicar a realidade brasileira e argentina dos anos 60, dominadas pelos militares como instituição, deve no entanto. começar a levar em conta o surgimento de conjunturas como as que marcaram a América Latina dos anos 70: o caso do Chile e do Uruguai e as próprias transformações ocorridas na Argentina em 76 e no Brasil pós 69.

O non autoritarismo na América Latina, coletânea de textos organizada por David Collier, demonstra a necessidade de levar mais longe a reformulação das relações entre a modernização industrial e a mudança politica. A pesquisa intensa sobre as diversas realidades latino-americanas contribui, assim, para o debate, criticando a presumida universalidade das hipóteses anteriores sobre a mudança politica e indicando a necessidade de criar hipóteses características para a análise dos diferentes contextos históricos.

A primeira parte do volume fornece um resumo das questões levantadas pelas ciências sociais a partir da emergência recente do autoritarismo nestes países industrialmente avançados da América Latina. David Collier, por exemplo critica o argumento básico contido no modelo autoritário-burocrático, tal como e proposto por Guillermo O'Donnell, e Fernando Henrique Cardoso propõe um es­ carecimento conceitual, se opondo ao uso deste termo como uma caracterização global do sistema politico e acentuando a necessidade de distinguir entre as características nucleares dos regimes autoritário-burocráticos e o tipo de Estado com o qual elas estão associadas. Já a segunda parte se incumbe de explicar o advento do autoritarismo­ burocrático e, entre outros, o artigo de José Serra analisa criticamente três hipóteses considerando a relação entre o desenvolvimento económico e a emergência deste modelo politico. 0 capitulo de Robert Kaufman por sua vez fornece uma critica detalhada da adaptação entre o autoritarismo-burocrático e as experiências recentes do Brasil, Argentina, Chile, Uruguai e México.

A seção final do volume examina a direção provável da futura mudança do autoritarismo-burocrático, bem como as direções apropriadas para as outras pesquisas. O capitulo de Guillermo O'Donnell da um passo importante no sentido de desenvolver uma teoria política da dinâmica do governo autoritário, enfatizando o caráter de dominação deste tipo de regime em detrimento do caráter de consenso. David Collier, ao finalizar o volume, sintetiza as questões nele contidas e indica as prioridades para a pesquisa futura. Acentua, ao mesmo tempo; um tema importante que fundamenta todo o volume: ao lado das contribuições teóricas, os esforços para compreender o autoritarismo-burocrático têm suas. implicações práticas. A busca de uma compreensão mais completa dos problemas económicos, sociais e políticos que originaram este autoritarismo deverá necessariamente contribuir para solucionar estes problemas e desta forma dar fim a era atual de autoritarismo rude na América Latina.

English Abstract: The “bureaucratic-authoritarian model” was one of the most important attempts to explain the emergence of authoritarian regimes in Latin America in the 1960s and 1970s, giving special attention to the connection between their emergence and problems of economic development. This model sparked great interest and considerable debate — a debate that remains salient today in the new century, given recent anti-democratic developments in some Latin American countries.

Building on this debate, a group of leading economists, political scientists, and sociologists was brought together to assess the adequacy of the model and suggest directions for its reformulation. This volume is the product of their discussions over a period of three years and represents an important advance in the critique and refinement of ideas about political development.

Part 1 provides an overview of the issues of social science analysis raised by the recent emergence of authoritarianism in Latin America and contains chapters by David Collier and Fernando Henrique Cardoso. The chapters in Part 2 address the problem of explaining the rise of bureaucratic authoritarianism and are written by Albert Hirschman, Jose Serra, Robert Kaufman, and Julio Cotler. In Part 3 Guillermo O’Donnell, James Kurth, and David Collier discuss the likely future patters of change in bureaucratic authoritarianism, opportunities for extending the analysis to Europe, and priorities for future research. The book includes a glossary and an extensive bibliography.

Note: Downloadable document is in Portuguese.

Suggested Citation

Collier, David, O Novo Autoritarismo Na America Latina (The New Authoritarianism in Latin America) (1982). O Novo Autoritarismo Na America Latina, 1982. Available at SSRN: https://ssrn.com/abstract=2769024

David Collier (Contact Author)

University of California, Berkeley - Department of Political Science ( email )

210 Barrows Hall
Berkeley, CA 94720
United States

Register to save articles to
your library

Register

Paper statistics

Downloads
10
Abstract Views
73
PlumX Metrics
!

Under construction: SSRN citations will be offline until July when we will launch a brand new and improved citations service, check here for more details.

For more information