Azul ou rosa? A segregação de gênero das escolhas educacionais no ensino superior brasileiro, 2002-2016 (Gender Segregation in Brazilian Higher Education: 2002–2016)

33 Pages Posted: 15 Dec 2020

See all articles by Tayná Mendes

Tayná Mendes

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Luiza Houzel

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Bruna Milanski

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Carolina Medeiros

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Flávia Eduarda Rocha

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Pedro Elgaly

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Vivian de Almeida

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Flavio Carvalhaes

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Date Written: August 26, 2020

Abstract

Portuguese abstract: Utilizando medidas e dados adequados para o estudo da segregação de gênero, nós examinamos como estudantes do sexo masculino e feminino estão alocados em diferentes grupos de curso do ensino superior brasileiro em 2002 e em 2016. Utilizamos microdados da Pesquisa Nacional de Amostragem Domiciliar de 2014 e microdados dos Censos do Ensino Superior de 2002 e 2016. Nossos resultados indicam que a conclusão do ensino superior é desproporcionalmente feminina desde a década de 1970 no Brasil e a sobrerrepresentação feminina entre concluintes do ensino superior aumentou na última geração avaliada. Por outro lado, quando olhamos para onde mulheres e homens cursam o ensino superior, encontramos diferenças significativas e que indicam que mulheres estão sobrerrepresentadas em grupos de curso com menores retornos no mercado de trabalho e ligados ao cuidado, enquanto homens estão mais presentes em cursos com componentes técnicos. O padrão de segregação de gênero das escolhas educacionais é estável ao longo do tempo. No entanto, mostramos que isso não se deve a um comportamento estático da segregação de gênero nos grupos de curso, mas sim à compensação de cursos que diminuem e aumentam a segregação.

English abstract: In this paper we examine the educational attainment of Brazilian men and women across different cohorts in 2014 and how male and female students are allocated to different fields of study in the Brazilian higher education system in 2002 and 2016. We use microdata from the 2014 National Household Sampling Survey and microdata from the Higher Education Censuses of 2002 and 2016. Our results indicate that higher education is disproportionately female since the 1970s in Brazil and that female over representation among higher education graduates increased among members of the youngest cohort. When we look at where women and men attend higher education, we find significant differences that indicate that women are over represented in fields of study with lower returns in the labor market and linked to care, while men are more present in courses with technical components. The pattern of gender segregation of educational choices is stable over time. However, we show that this is not due to the static behavior of gender segregation in the fields of study, but rather to the compensation of courses that decrease and increase segregation.

Note: Downloadable document available in Portuguese.

Keywords: Segregação de gênero, Ensino Superior, Estratificação Horizontal

JEL Classification: 121, 123

Suggested Citation

Mendes, Tayná and Houzel, Luiza and Milanski, Bruna and Medeiros, Carolina and Rocha, Flávia Eduarda and Elgaly, Pedro and de Almeida, Vivian and Carvalhaes, Flavio, Azul ou rosa? A segregação de gênero das escolhas educacionais no ensino superior brasileiro, 2002-2016 (Gender Segregation in Brazilian Higher Education: 2002–2016) (August 26, 2020). Available at SSRN: https://ssrn.com/abstract=3682320 or http://dx.doi.org/10.2139/ssrn.3682320

Tayná Mendes

Universidade Federal do Rio de Janeiro ( email )

Largo de São Francisco
1, Centro
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 22270000
Brazil

Luiza Houzel

Universidade Federal do Rio de Janeiro ( email )

Largo de São Francisco
1, Centro
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 22270000
Brazil

Bruna Milanski

Universidade Federal do Rio de Janeiro ( email )

Largo de São Francisco
1, Centro
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 22270000
Brazil

Carolina Medeiros

Universidade Federal do Rio de Janeiro ( email )

Largo de São Francisco
1, Centro
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 22270000
Brazil

Flávia Eduarda Rocha

Universidade Federal do Rio de Janeiro ( email )

Largo de São Francisco
1, Centro
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 22270000
Brazil

Pedro Elgaly

Universidade Federal do Rio de Janeiro ( email )

Largo de São Francisco
1, Centro
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 22270000
Brazil

Vivian De Almeida

Universidade Federal do Rio de Janeiro ( email )

Largo de São Francisco
1, Centro
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 22270000
Brazil

Flavio Carvalhaes (Contact Author)

Universidade Federal do Rio de Janeiro

Av. Pedro Calmon, 550
Cidade Universitária, Ilha do Fundão
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro 21941901
Brazil
+552139389600 (Phone)

Do you have a job opening that you would like to promote on SSRN?

Paper statistics

Downloads
86
Abstract Views
324
rank
343,396
PlumX Metrics